GANHE 1 SLEEK GRÁTIS 🎁na compra da Duo Max. Apenas 50 disponíveis, clique e confira!

quero já

Procurou, achou :)

    Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

    Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

    Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

    7 formas de cuidar dos cabelos danificados pelo calor

    Mulher olhando com decepção para os cabelos danificados

    É difícil imaginar a vida com o mesmo cabelo todo dia, não é? Mais difícil ainda é pensar em passar os dias sem o secador, a escova alisadora, chapinha e babyliss. Afinal, esses acessórios nos ajudam a criar penteados e estilos diferentes, de acordo com o nosso humor e a ocasião também.

    Mas a gente sabe: todos esses acessórios usam o calor para modificar a estrutura do fio, permitindo, assim, que possamos modelar as madeixas como desejarmos. Por outro lado, é justamente o calor, que ajuda a secar e a alisar, que pode se tornar o nosso grande vilão. Isso porque, já está mais do que comprovado: altas temperaturas danificam os cabelos.

    Mas é isso e pronto? Se você usa com frequência esses acessórios terá que se conformar com cabelos danificados? Não! Para tudo dá-se um jeito. No caso dos cabelos danificados pelo calor é possível sim adotar cuidados preventivos e também restauradores para minimizar os efeitos negativos que as altas temperaturas geram no fio de cabelo. Vamos a elas?

    Como o calor danifica os cabelos?

    Usar fontes de calor sobre as madeixas não é algo novo. Muito pelo contrário. Há alguns séculos as mulheres utilizam acessórios dos mais diversos para alisar e modelar os fios com a ajuda das altas temperaturas. A diferença é que, hoje em dia, esses acessórios são mais fáceis de usar e seguros. Mas, na prática, o efeito é o mesmo.

    O calor emitido por acessórios de beleza é ideal para alisar e modelar os cabelos, mas também serve para secar os fios, evitando que os cabelos fiquem molhados e sequem ao natural. Mas isso acontece porque as altas temperaturas atuam tanto na parte externa quanto na parte interna do fio capilar.

    Em contato com o fio, o calor aumenta a porosidade, danificam a cutícula, que é a parte protetora e mais externa do fio e, em seguida, atinge o córtex, que é a parte responsável por garantir a estrutura natural do cabelo.
    Mulher gritando com as mãos nos cabelos danificados
    Cabelos ressecados, com frizz e pontas duplas: É assim que fica um cabelo danificado pelo calor excessivo. (Fonte: Julien L/ Unsplash)


    Com isso, o calor consegue retirar os nutrientes presentes na fibra capilar, o que acaba enfraquecendo a sua estrutura e causando a perda de água e a desnaturação da queratina nos fios. E a queratina, você já deve saber, é a grande responsável pela resistência e elasticidade dos cabelos.

    Por tudo isso, se usado com frequência e em temperaturas muito altas sobre os fios, o calor pode causar o ressecamento e a quebra do fio, além de pontas duplas e frizz, e ainda retirar o brilho, a maciez e o movimento natural dos cabelos.

    Qual tipo de cabelo o calor danifica mais?

    Os efeitos negativos causados pelo calor na estrutura capilar são ainda piores dependendo do seu tipo de cabelo. O cabelo crespo, por exemplo, é o mais sensível às altas temperaturas, ainda que os prejuízos causados pelo calor atinjam todos os tipos de cabelos.

    O que ocorre é que, quanto mais sensível, menos úmido e mais danificado for o cabelo, mais ele vai sofrer os danos causados pelo calor. No caso do cabelo crespo, por conta da curvatura do fio, ele possui uma umidade natural menor. Além disso, a oleosidade e a queratina são distribuídas de forma irregular sobre esse tipo de fio.

    Tudo isso torna a estrutura do cabelo crespo mais delicada e, portanto, mais sensível aos efeitos negativos do calor. O mesmo vale para cabelos com química e tingidos. Por isso, em casos assim, os cuidados com os fios devem ser ainda mais intensos.

    Qual a temperatura segura para secar ou alisar os cabelos?

    De acordo com uma pesquisa realizada pela USP, acima de 250º C os danos aos cabelos são irreversíveis. E isso vale para qualquer tipo de cabelo. Por isso, na hora de escolher o melhor acessório para secar ou alisar o cabelo, é preciso atenção nas temperaturas disponíveis.

    O ideal é optar pelo acessório que ofereça níveis de temperatura diferentes. Isso porque cada tipo de cabelo demanda uma temperatura para ser alisado com eficiência e segurança.

    E foi pensando na eficiência do alisamento, e na segurança para proteger a saúde capilar, que a Basiqe criou a escova alisadora Sleek Gold. Ela oferece 5 temperaturas para atender desde fios finos e danificados até os mais grossos e resistentes. Veja como a Basiqe funciona:

    Níveis de aquecimento da Basiqe  Indicado para
    130º Cabelos finos e/ou muito fragilizados
    150º Cabelos descoloridos, com química e/ou fragilizados
    170º Cabelos escuros ou com tintura
    190º Cabelos ondulados e cacheados
    210º Cabelos com fios grossos e crespos 


    Como tratar cabelos danificados pelo calor?

    Mas se você já está com os fios danificados, ressecados, quebrados e sem brilho, o que fazer? A solução é deixar de usar secador, escova alisadora, babyliss? Calma. De fato, se os seus cabelos estiverem excessivamente danificados, seja por conta do calor ou pelo uso de químicas, vale a pena dar um descanso para as madeixas e evitar usar esses acessórios por um tempo ou aumentar o intervalo de uso deles.

    No entanto, de modo geral, é possível adotar alguns hábitos que irão tanto prevenir e minimizar os danos causados pelo calor quanto ajudar na recuperação de cabelos já danificados. Selecionamos 7 maneiras para você fazer isso. Veja:

    1. Hidrate-se e coma bem: A saúde capilar começa de dentro para fora. Então, para manter os fios saudáveis, bonitos e brilhosos beba muita água e aposte em alimentos que fortalecem os cabelos.
    2. Identifique o seu tipo de cabelo: Como vimos, existe uma temperatura ideal tanto para alisar quanto para proteger cada tipo de cabelo. Por isso, é fundamental que você saiba qual é o seu tipo de fio. 
    3. Invista na oleosidade natural: Pode parecer estranho, até porque a maioria das pessoas busca conter a oleosidade excessiva dos cabelos. Mas como o calor causa o ressecamento nos fios, o ideal é que você invista em tratamentos e cuidados que ajudem a manter a oleosidade natural dos fios. Para isso, você deve sempre escolher cosméticos capilares de acordo com o seu tipo de cabelo. Em todo caso, troque o seu shampoo e condicionador pelas versões livres de sulfatos. Ah! E tente também aumentar o intervalo entre as lavagens do cabelo também.
    4. Atenção na lavagem: Pois é, até mesmo a forma como você lava os cabelos pode interferir na saúde capilar. E, vale lembrar: um cabelo saudável tem menos chances de sofrer danos graves quando submetido ao calor. Por isso, invista nos cuidados diários. Na hora de lavar as madeixas, por exemplo, evite a água quente, já que ela abre as cutículas, tira o brilho e promove o ressecamento dos fios.
    5. Atenção na secagem: Sempre que possível deixe os seus cabelos secarem naturalmente antes de alisar com a escova alisadora Basiqe. Com isso, você evita uma etapa de calor a mais com o secador, que nem sempre é necessária. Além disso, se você acabou de lavar as madeixas, seja gentil na hora de tirar o excesso de umidade com a toalha. Não use força nem faça torções para não aumentar os danos à cutícula do fio nem aumentar o frizz.
    6. Hidrate e reconstrua: Se os seus cabelos já estão muito danificados, é preciso investir em hidratações regulares. Procure por produtos com agentes hidratantes e reconstrutores como queratina, macadâmia, aloe vera, óleo de argan ou manteiga de karité. Para te ajudar nisso, vale apostar em um bom cronograma capilar.
    7. Sempre use protetor térmico: Por fim, antes de secar ou alisar os cabelos é mandatório aplicar um bom protetor térmico nos fios. Esse produto cria uma camada de proteção a mais no fio, minimizando os danos causados pelo calor. Mas é preciso saber como escolher o melhor protetor térmico.

    Resumindo….

    Calor demais e com muita frequência irá causar danos aos seus cabelos tornando-os secos, quebradiços, com excesso de frizz e pontas duplas. Mas tem sim como evitar e até minimizar os efeitos negativos do calor sobre os fios. Para começar, é sempre bom aumentar o intervalo de uso de acessórios como o secador e a escova alisadora. Por exemplo, você pode alisar com a Basiqe duas vezes na semana. Para isso, basta cuidar para manter o efeito liso por mais tempo.

    Também é importante identificar o seu tipo de cabelo. Isso vai te ajudar a escolher a temperatura ideal na hora de alisar as madeixas. Além disso, nós recomendamos que você crie uma rotina de cuidados para minimizar os danos causados pelo calor nos cabelos. Comece aumentando a ingestão de água e adotando uma alimentação natural e balanceada. Invista em produtos específicos para o seu tipo de cabelo, e que garantam a manutenção da oleosidade natural dos fios.

    Não deixe também de criar um cronograma capilar para cabelos danificados, com produtos hidratantes e reconstrutores. Tome cuidado na hora de secar os fios, evitando o secador e sendo gentil no uso da toalha. E, por fim, aplique um bom protetor térmico nos cabelos antes de alisar com a Basiqe.

    escova alisadora Basiqe